Como faço para ser saudável ?

11:53




Você pode trocar esse título por "Como faço para comer bem?" Por que é assim que muitas pessoas me perguntam rotineiramente, mas optei por colocar "Como faço para ser saudável?", pois ao meu ver essa frase exprime uma ideia não só da alimentação pela alimentação, mas sim uma relação com a comida.

Josi, o que quer dizer relação com a comida? Vou casar com a comida?

NÃO! Relação com a comida significa os sentimentos, emoções, comportamento que você tem com sua alimentação. Por exemplo, você fica triste quando come alface? Fica alegre quando come salgadinho? Fica angustiado quando come doce? Você se priva excessivamente de determinados alimentos? Você acha que para ser saudável deve passar por privações? Tem uma obsessão por uma alimentação saudável?

Todas essas perguntas e outras tantas detalham como é sua relação com a comida, ou seja, é uma relação tranquila, obsessiva, triste, desleixada.

A relação tranquila com alimentação seria a melhor forma para começar ser saudável a partir da comida. Essa relação pressupõe LEVEZA, LIBERDADE e TRANQUILIDADE na hora de se alimentar.


LEVEZA para comer de forma que melhor lhe agrada sem causar perturbações na mente e no corpo por causa da comida. A refeição simplesmente flui! É como água descendo da cachoeira não precisa esforço, porque ela simplesmente acontece e não é algo forçado. Acontece com naturalidade e sem forçar a barra. E no final você se sente feliz e satisfeito!

LIBERDADE para comer o que quiser e quando quiser se orientado pela vontade do seu corpo sem interferência de terceiros. Liberdade para comer todos os tipos de alimentos com moderação sem santificar ou demonizar a comida. Aqui não existe "faz bem" ou "faz mal" come-se pela vontade e na quantidade que lhe satisfaça.
Ah! Eu vou ter vontade de comer só doces!
Por que você acha que seu corpo vai pedir um único alimento enquanto ele pode ter uma variedade grande de comida?

Será que você se restringiu tanto que seu corpo te lembra o tempo todo o quanto os doces são gostosos e isso faz você querer comê-los todos os dias ?

TRANQUILIDADE para comer tudo o que quiser sem neura e pensamentos depreciativos sobre si mesmo e a comida. Você se alimenta e sai da refeição feliz, mas aquele momento não fica repassando na sua mente a todo momento do dia, porque para você a alimentação é importante, mas não é a coisa mais importante da vida. Não acontece agitações ou inquietações por causa da refeição realizada. A alimentação é significativa, porém não te causa estresse e nem culpa.

Então, para ser saudável é preciso estabelecer uma boa relação com a comida e depois as características de uma alimentação saudável vêm como consequência!

Beijos e até a próxima! E não se esqueça de compartilhar esse texto com alguém que também tem dúvidas de como ser saudável.






  • Share:

You Might Also Like

4 comentários

  1. Maravilhoso. É sempre bom ter uma boa orientação. Obrigada

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Luciene! Fico feliz que tenha gostado.

    ResponderExcluir
  3. Oi Josi! Acabo de descobrir seu blog através do NSE e amei. Esse trecho mexeu muito comigo "Você se alimenta e sai da refeição feliz, mas aquele momento não fica repassando na sua mente a todo momento do dia, porque para você a alimentação é importante, mas não é a coisa mais importante da vida. Não acontece agitações ou inquietações por causa da refeição realizada. A alimentação é significativa, porém não te causa estresse e nem culpa.", mas de uma maneira bem positiva, me fez refletir. Eu estou me recuperando de bulimia e, consequentemente, compulsão alimentar e é muito bom ler essas coisas! É muito bom ter gente que nem você que fala abertamente sobre esse assunto e nos incentiva a comer melhor, sem neuras, sem cobranças! Um beijo e obrigada.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Carolina! Que bom que vc gostou do texto! Eu acredito que o ato de comer precisa ser leve e sem neura, pois só assim seremos, verdadeiramente, saudáveis. Fico muito contente que vc acredite nisso tbm. Boa caminhada na recuperação da bulimia e compulsão alimentar.
    Continue acompanhando o blog, pois discutiremos outros temas como esse.
    Beijo

    ResponderExcluir