quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Não peça licença para comer



Quantas vezes você ficou constrangido por sentir fome? 

Quantas vezes você ficou com fome para não ter que repetir o prato por vergonha dos outros? 

Quantas vezes você se sentiu envergonhado por sentir fome logo após o almoço? 

Se você se sentiu envergonhado e constrangido saiba que não deveria ter sentido assim. 

Comer é um processo natural e fisiológico, ou seja, é importante para mantermos funções vitais, como respirar, ou até funções que não são encaixadas no quesito sobrevivência, por exemplo, estudar ou ler este texto como você está lendo agora. 

E como não comemos apenas para sobreviver e nutrimos uma relação mais complexa com a comida, nela está presente cultura, crenças familiares, gostos e emoções e tudo isso é levado em consideração na hora de nos alimentarmos. Mas acabamos por sofrer privações com o cenário em que a sociedade se encontra quando o assunto é alimentação. 

Cenário caracterizado pela valorização excessiva da magreza, da comida saudável (valorização distorcida) e de controle constante sobre o próprio corpo, assim nosso ato de comer está tornando-se cada vez mais deturpado. 

Outro dia uma conhecida havia acabado de almoçar e depois de 30 minutos sentiu fome e ela ficou tentando evitá-la, porém não conseguiu e acabou comendo uns biscoitos, mas antes ela disse uma frase que me deixou reflexiva: "Desculpa, mas eu vou comer". 

Eu fiquei pensando "Para quem ela está pedindo desculpa?" "Ela matou alguém?" "Roubou ou algo do tipo?" 

NÃO, ela não havia cometido nenhum delito, APENAS estava com fome e queria satisfazer sua vontade. A frase dita por ela parecia como um pedido de permissão para os que estavam presente legitimasse sua fome e se possível não recrimina-se pelo ato. 

Mas Josi não é bom ficar comendo toda hora!!!  

Sim, mas temos que analisar toda a situação, porque nem sempre tudo é preto no branco, principalmente quando se fala de alimentação. 

Já parou para pensar nas seguintes hipóteses? 

Talvez o almoço dessa moça não tenha sido saboroso 

Talvez não tenha comido em quantidade suficiente para satisfazer sua fome. 

Talvez ela tenha comido algo que não queria

Todos esses são motivos (e pode ter muitos outros) para sentir fome logo após uma refeição! 

E o que fazer? 

NÃO PEÇA LICENÇA PARA COMER! 

Aprenda a escutar suas vontades e identificá-las! É fome? Falta de uma comida saborosa? É estresse? 

Lembre-se VOCÊ melhor do que ninguém sabe a hora que deve comer! 

E aí você também pede licença para comer? 

Experimente seguir suas vontades internas e depois comente aqui no blog. 

É claro, que tudo isso deve ser feito de modo equilibrado e com moderação. 

Beijos e até a próxima! 

Ps: Vale lembrar que doenças, como, diabetes, podem causar essa sensação de fome o tempo todo, por isso é válido realizar alguns exames para saber se está tudo bem com sua saúde. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário