Culpa: Descubra agora como ela está prejudicando sua alimentação!

12:00



Comer com culpa

Culpa, um sentimento que impede que você tenha uma alimentação saudável por conta da obediência cega às regras sem fundamento. 

Introdução

Vamos fazer um teste?

1. Bolo recheado te lembra?
(a) Festa (b) Uma pessoa querida (c) Prazer (d) Sair da dieta

2. Salada te lembra ?
(a) Alimentação saudável (b) Sabor (c) Dieta chata para seguir (d) Saúde

3. Chocolate te lembra?
(a) Prazer (b) Culpa (c) Sabor (d) Alguém querido

E aí, qual foi o resultado? Se sentir confortável compartilhe comigo lá na Fanpage o seu resultado. Esse é um teste rápido para você identificar como é sua relação com a comida e se atentar para como a culpa pode estar presente na sua alimentação. Ele foi proposto pelo psicologo Paul Rozin, que investiga a relação da emoção com a comida em seus estudos 


Mas o que é a culpa?

Culpa

A culpa é um sentimento que surge em resposta a transgressão de alguma regra importante. A pessoa sente remorso, arrependimento e fica remoendo os momentos que envolveram o rompimento da regra, a angústia é inevitável e numa tentativa de se desculpar com si mesma ou com alguma autoridade ela promete que aquilo não vai se repetir.

Essa regra muitas vezes é rígida e não faz muito sentido para quem a segue.

Regras são feitas para possibilitar o bom convívio social e permitir a organização das nossas ações no dia-a-dia .

Por exemplo, os motoristas devem parar quando o sinal vermelho aparece para que os pedestres possam atravessar. Isso faz sentido para quem segue a regra. Imagine uma avenida como a Paulista sem sinal? Seria uma bagunça sem fim, né? Sem contar com os pedestres que seriam muito prejudicados e injustiçados.


O papel das dietas no surgimento da culpa

Mas o que isso tem a ver com a minha alimentação?

Vou explicar!

Temos muitas informações sobre nutrição e dietas espalhadas aos montes, mas infelizmente nem todas são seguras e confiáveis. Diante disso, surge o terrorismo nutricional caracterizado pela exaltação de um alimento em detrimento de outro. Não é estranho se deparar com informações, como:


    1. "Goji berry faz você perder 3kg em uma semana."  
    2. "Consuma óleo de coco e emagreça de vez."
    3. "Seque 15 kg com água de limão."
    4. "Descubra porque o carboidrato é o inimigo da sua dieta"


Quem nunca viu alguma dessas manchetes em revistas por aí? Acredito que muitas pessoas já viram e até já seguiram as dietas divulgadas nessas revistas e em outras mídias.

Dietas como essas separam o mundo entre alimentos bons X ruins e como se houvesse um único caminho de alimentação saudável  a ser seguido. E o pior disso tudo, trata comida gostosa como proibida e permitida como ruim.

Essas regras sem fundamento e quem em nada se relacionam com a sua vida provocam o surgimento de culpa por comer um simples pedaço de bolo, por exemplo. E quando você resolve seguir uma dieta fica com a sensação de que está perdendo alguma coisa na vida.

E na verdade está mesmo!!! Está perdendo o prazer em comer. Prazer em comer salada e comer chocolate sem dividi-los mocinhos e vilões.


Julgamento

O julgamento que acontece quando uma pessoa sente culpa por comer leva à falta de atenção e consequentemente estraga o momento que era para ser prazeroso.

Você come, seu corpo absorve os nutrientes, mas você não aproveita o sabor. O resultado disso é continuar procurando pelo alimento, já que sua vontade não foi satisfeita.

É fato que todos nós temos pensamentos que nos impulsionam e nos faz perceber o quanto somos bons em determinadas tarefas e áreas e temos também pensamentos que nos colocam para baixo, que nos diminuem e que nos fazem querer desistir dos nossos sonhos. E assim funciona o sentimento de culpa, já que ele vem acompanhado de uma sensação de incapacidade por não conseguir seguir nenhum um dia a tal alimentação fitness.

Enquanto você come um brigadeiro com sabor amargado pela culpa, você também dá uma olhadinha no Instagram, onde têm muitas pessoas com uma alimentação regrada e que nem sonham em comer um doce tão cedo, pois elas têm "foco, força e fé".

E seu pensamento é: se eu não consigo fazer igual, sou fraca (o) e burra (o)  então já que sou um/uma incompetente mesmo, vou comer mais doce.

Vem cá, deixa eu te contar um segredo! Nem tudo o que está no Instagram é verdade, é muito fácil  manipular fotos, tirar fotos de um prato cheio de salada, mas não comê-lo. Ah, acredite! Todas, todas as pessoas também estão passando por batalhas tão difíceis quantos as suas. Ninguém é alegre o tempo todo!


Comer com culpa


Paradoxo francês

O paradoxo francês se refere ao fato dos franceses consumirem creme, manteiga, carne, chocolate, vinho no dia-a-dia, mas mesmo assim apresentam baixas taxas de obesidade, diabetes, hipertensão e colesterol ruim quando comparados aos americanos que em contrapartida vivem procurando dieta, alimentos para emagrecer e relacionam alimentos mais calóricos, açucarados e/ou gordurosos como algo ruim.

Há quem acredite que a explicação esteja nas propriedades funcionais do vinho ou na atividade física realizada pelos franceses. Entretanto outro forte fator aliado aos citados anteriormente é COMO os franceses comem. Eles comem com prazer!!! Comendo com prazer é possível aproveitar o máximo de sabor do alimento em pequenas quantidades. Lá na França eles reconhecem o papel que a comida desempenha em nos fornecer prazer e saúde, quando reconhecemos isso não há com o que brigar, mais sim tomar consciência que a comida está além dos nutrientes. Ela desempenha um papel cultural, social, prazeroso e nutricional.

Porque a culpa prejudica sua alimentação

A culpa provoca o aumento da ingestão de alimentos, porque quando classificamos um alimento como proibido a nossa atração e prazer por ele aumenta, entretanto não é apenas isso, a culpa provoca o pensamento do "tudo ou nada" "8 ou 80", isso quer dizer que ou a pessoa come salada todos os dias ou come alimentos altamente calóricos em todas as refeições. Não há concessão ou meio do caminho!

Em uma reportagem realizada pela BBC foi identificada que a culpa provoca nas pessoas a falta da sensação de autocontrole dificultando a possibilidade de resistir a certos alimentos. Nessa mesma reportagem também é visto que falta de liberdade para comer provoca a necessidade "escapadas" com ingestão de grande quantidade do alimento considerado proibido.

Tudo isso leva à um caminho menos desejado por maioria das pessoas, o aumento do peso e consumo dos alimentos de baixo valor nutricional.

Conclusão

Culpa é um sentimento que gera muita angústia e quando estamos tratando de alimentação saudável e mudança de hábitos alimentares pode ser um empecilho. A culpa ganha força com a prática de dietas que promovem dicotomias e visões errôneas sobre a nutrição e alimentação. Ser ciente de que a comida desempenha vários papéis em nossas vidas pode ser o começo do caminho para livrar você (ou pelo menos, diminuir) desse sentimento que causa tanta tristeza.

Gostou de conhecer mais sobre a interferência da culpa na sua alimentação? Vamos continuar essa discussão nos comentários com você contando como lida com a culpa ao comer?!






  • Share:

You Might Also Like

0 comentários