Alimentação e fim de semana é um problema? 11 dicas para resolver!

18:54

Como manter a dieta no fim de semana

Uma queixa bastante comum no mundo da Nutrição é sobre a dificuldade de conciliar a alimentação saudável com o fim de semana. Parece que o fim de semana reserva algo de especial que não cabe dentro de uma alimentação saudável, mas deixa eu te dizer que isso é um engano.

Por isso vou listar 11 dicas para seu fim de semana não atrapalhar sua alimentação. 


1. Pare de fazer dieta 

Isso mesmo, você não leu errado! Parar de fazer dieta é o primeiro passo para ter uma alimentação equilibrada no fim de semana. Quando acontece a realização de dieta a pessoa sente que o fim de semana é a despedida de tudo, ela acha que não poderá comer enquanto estiver de dieta.E na esperança de garantir que comendo grande quantidade do alimento que será excluído irá acabar com a vontade de comê-lo durante a dieta, porém desta forma provoca o exagero e posteriormente a frustração já que a vontade vai surgir mais cedo ou mais tarde. 


2. Equilíbrio 

Parou de fazer a dieta? Então o próximo passo é equilibrar a qualidade e quantidade dos alimentos. Parar de fazer a dieta não significa comer sem critério e sem pensar na saúde. Você ainda vai incluir a fruta, verdura e legumes, mas sem deixar de lado o doce que tanto gosta. A questão aqui é que você vai aprender a comer os alimentos naturais pelo sabor e nutrientes que possuem. Alimentos ricos em gordura e açúcar não contribuem muito para saúde física, porém são ótimos para socialização e momentos de comfort food e está tudo bem conviver com esta realidade. Comer apenas pelo prazer também faz parte de uma alimentação saudável! 

3. Quebre a ideia de que apenas no "fim de semana pode" 

Dá permissão a si mesmo de comer um alimento em qualquer dia caracteriza uma liberdade para se alimentar. Isso traz calma e leveza para o ato de comer, afinal você não precisa ficar ansiosa aguardando o fim de semana para comer um alimento que está com vontade. Se o fizer será porque esse alimento precisa de alguma preparação prévia, precisa comprar em algum lugar especifico ou porque deseja dividir o momento com uma pessoa especial. Mas nada disso quer dizer que você está evitando ou se restringindo de comer. 

4. Comemore, mas fique atento aos sinais do seu corpo 

No fim de semana pode acontecer alguma comemoração ou encontro com amigos e nesses momentos a alegria e exaltação toma conta e o que pode ocorrer é falta de atenção para comer, levando a ingestão maior do que você necessita. Por isso, converse, brinque, dance, mas se pergunte se está na hora de parar. Não faça isso com o julgamento para interromper logo o ato de comer, seja verdadeiro com sua vontade. Para entender mais como atenção influência no ato de come leia este texto! 

5. Moderação com a bebida alcoólica 

Um assunto pouco falado é o consumo de bebida alcoólica dentro de uma alimentação saudável. Dependendo do estilo de vida da pessoa ela pode começar a beber na sexta e parar no domingo a noite. E como o álcool é diurético (aumenta fluxo urinário) não percebemos o quanto bebemos de verdade, a não ser no fim do dia quando acontece aquela contagem tradicional. 

O álcool também pode provocar o aumento do peso e perda de nutrientes, então não adianta beber muito e colocar a culpa na pobre coitada da coxinha hein! 

6. Tente manter a rotina 

Fim de semana rola uma preguiça de cozinhar ou fazer atividade física, mas é importante você tentar manter o ritmo mesmo que no modo leve para quando começar a segunda você esteja disposto. 

Josi, mas almoço na casa minha sogra no domingo e lá tem muita coisa! 

Se você almoça em uma casa que tem a tradição de fazer vários tipos de comida e preparações bem calóricas a dica é escolher o alimento que está com mais vontade para comer ou pegar um pouquinho de cada. 

Se você estiver satisfeito e a anfitriã ou anfitrião insistir para você comer mais. Diga: "Estou satisfeita (o), a comida está uma delícia, mas não quero comer". Não é errado recusar comida, você apenas está respeitando seu corpo e sua vontade. 

como ter uma alimentação saudável no fim de semana
Um prato como esse também pode ser a refeição do fim de semana, assim como hamburguer pode estar no dia da semana

7. Não coma antes 

Existe uma dica clássica de comer antes de ir para algum evento com intuito de prevenir o exagero. A dica é boa, porém merece ressalva! Não temos apenas fome física, mas sim fome visual, olfativa, mental e emocional (leia mais sobre o assunto clicando aqui ) e essas podem influenciar na hora de comer. 

Se você chegar na festa e tiver aquele peixe com o cheiro maravilhoso é bem provável que sinta fome novamente e talvez queira comer uma boa quantidade do alimento. Então, não adiantou comer antes querendo evitar a fome e aí podemos ter o aumento da ingestão de alimentar. 

Por isso a dica é manter seus horários regulares de alimentação e não ter medo da sua fome. Neste texto explico melhor como funciona o processo de fome e saciedade. 

8. Coma sem culpa

Seguir regras sem fundamento, acreditar que existe alimento que engorda e alimento que emagrece é a fórmula para comer culpa. Comer um alimento com a sensação que está transgredindo uma regra não é saudável nem para o corpo e nem para a mente. Diminuir o julgamento sobre o prato é algo real e que pode ser vivido por você! 

9. Aprenda a gostar de vários tipos de alimentos 

Percebe como uma ação leva a outra? O primeiro tópico foi sobre parar de fazer dieta e é justamente nesse momento que maioria das pessoas criam uma acerta aversão aos alimentos naturais ou super valoriza outros alimentos, prejudicando o estabelecimento de uma boa relação com a comida. 

Não existe alimentos da dieta, alimentos do fim de semana, alimentos do dia do lixo, existe apenas alimentos e ponto. A chave é desenvolver o prazer por consumir vários tipos de alimentos e nesse outro texto eu explico como a introdução alimentar pode ter influenciado nesse processo, caso você esteja resistente a provar a comida. 

10. Mime você nos dias da semana 

A rotina durante a semana pode ser bem intensa e por causa desse motivo esquecemos de nos cuidar. Cozinhar e comer sua comida preferida, preparar pipoca para acompanhar os filmes e série, sair para jantar e se divertir não precisa esperar o fim de semana. Por causa da nossa rotina acabamos valorizando demais o fim de semana, mas com um pouco de organização podemos nos mimar em dias de semana também. 

11. Saia da mentalidade do "Já que" 

Nada de achar que porque comeu um brigadeiro agora deve comer a panela inteira. Peraí, vamos conversar! Uma coisa é se permitir, saborear e outra bem diferente é se punir. Sim, o pensamento do "já que" é uma forma de punição por não ter seguido a dieta como acha que deveria ter seguido. 

Você se sente incompetente por não seguir a dieta e resolve comer tudo o que vê pela frente para afirmar que não é capaz. 

Calma, comer um brigadeiro (ou outro alimento) não faz de você a pior pessoa do mundo! Está tudo bem comer uma alimento rico em açúcar e gordura, a questão é o equilíbrio que abordamos no tópico 2.

Conclusão

Ter uma alimentação saudável no fim de semana necessita de liberdade, tranquilidade e leveza para saber o lugar que a comida ocupa em diferentes momentos da vida. Não precisa esperar para comer aquele alimento que você está desejando tanto, pode ser em dia de semana mesmo...com um pouco de organização, você consegue. 

E para você, como é a alimentação no fim de semana? Conte-me nos comentários. 

  • Share:

You Might Also Like

2 comentários

  1. Minha alimentação de fim de semana depende do dinheiro e da disposição: Dinheiro + disposição: Vamos no mercado e compramos algo para fazer; Dinheiro + Sem disposição: Compramos algo pronto; Sem dinheiro + disposição: Fazemos algo com o que temos em casa e Sem dinheiro + Sem disposição: Rezamos para ter algo pra esquentar.
    É muito difícil sair de fim de semana para comer fora ou na casa de alguém (falta de convite mesmo kkkk), mas é basicamente assim, tem fim de semana que como até não aguentar mais, com aquele pensamento, "quando é que vou ter a oportunidade de comer isso de novo?", me sinto culpado por não comer do que por comer demais...

    ResponderExcluir
  2. Oi Aline, muito interessante sua vivência. Se me permitir dá um dica, diria para você organizar seus gastos para que consiga incluir o consumo dos alimentos que mais gosta, desta forma você pode comê-los quando tiver vontade e sem sensação de "despedida".

    Beijo

    ResponderExcluir